nascer_sol_meditacoes_2018

A Natureza Caída dos Filhos de Adão

O coração é enganoso acima de todas as coisas, e desesperadamente perverso; quem pode conhecê-lo? (Jeremias 17:9).

Porque do coração procedem os maus pensamentos, assasinatos, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. (Mateus 15:19).

Sua dádiva [de Caim] não exprimia arrependimento de pecado. Achava, como muitos agora, que seria um reconhecimento de fraqueza seguir exatamente o plano indicado por Deus, confiando sua salvação inteiramente à expiação do Salvador prometido. Preferiu a conduta de dependência própria. Viria com seus próprios méritos. […]

Quanto ao que respeitava ao nascimento e instrução religiosa, esses irmãos eram iguais [Caim e Abel]. Ambos eram pecadores e ambos reconheciam o direito de Deus à reverência e adoração. Segundo a aparência exterior, sua religião era a mesma até certo ponto; mas, além disto, a diferença entre os dois era grande.

”Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim.” Heb. 11:4. Abel apreendeu os grandes princípios da redenção. Viu-se como um pecador, e viu o pecado e sua pena de morte de permeio entre sua alma e a comunhão com Deus. Trazia morta a vítima, aquela vida sacrificada, reconhecendo assim as reivindicações da lei, que fora transgredida. Por meio do sangue derramado olhava para o futuro sacrifício, Cristo a morrer na cruz do Calvário; e, confiando na expiação que ali seria feita, tinha o testemunho de que era justo, e de que sua oferta era aceita. Patriarcas e Profetas, 72.

Ele [Sete] tinha a natureza de Adão, tão destituído de bondade natural como Caim. Ele foi nascido em pecado. Signs of the Times, 20 de fevereiro de 1879.

[Sete] Tinha caráter digno, seguindo as pegadas de Abel. Contudo não herdou mais bondade natural do que Caim. Com referência à criação de Adão, acha-se dito: ”À semelhança de Deus o fez”; mas o homem, depois da queda, ”gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem.” Gên. 5:1 e 3. Ao passo que Adão foi criado sem pecado, à semelhança de Deus, Sete, como Caim, herdou a natureza decaída de seus pais. Mas recebeu também conhecimento do Redentor, e instrução em justiça. Patriarcas e Profetas, 80.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2018, para o pôr-do-sol de 12 de janeiro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *