nascer_sol_meditacoes_2018

O Processo de Santificação

Tenho visto fim a toda a perfeição, mas o teu mandamento é amplíssimo. (Salmos 119:96).

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. (Hebreus 12:14).

Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação. (I Tessalonicenses 4:7).

O ideal de Deus para Seus filhos é mais alto do que pode alcançar o pensamento humano. ”Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos Céus.” Mat. 5:48. Este mandamento é uma promessa. O plano da redenção visa ao nosso completo libertamento do poder de Satanás. O Desejado de Todas as Nações, 311.

E qual foi a norma dada por Ele a todos quantos nEle crêem? ”Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos Céus.” Mat. 5:48. Como Deus é perfeito em Sua elevada esfera de ação, assim o homem pode ser perfeito em sua esfera humana.

O ideal do caráter cristão é a semelhança com Cristo. Diante de nós abre-se uma senda de contínuo progresso. Temos um objeto a alcançar, uma norma a atingir, que incluem tudo que é puro, bom, nobre e elevado. Deve haver contínuo esforço e constante progresso para a frente e para cima, rumo à perfeição do caráter. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, 365.

Com nossas faculdades limitadas, devemos ser tão santos em nossa esfera, como Deus é santo na Sua. (ST, 26 de dezembro de 1892). Mensagens Escolhidas, Vol. 1, 337.

Nossa obra vitalícia é estar prosseguindo para a perfeição do caráter cristão, procurando continuamente viver em conformidade com a vontade de Deus. Os esforços começados na Terra continuarão na eternidade. Testemunhos para a Igreja, Vol. 4, 520. [MM (Ano:1992), Exaltai-O, 97].

Não existe tal coisa como seja santificação instantânea. A verdadeira santificação é obra diária, continuando por tanto tempo quanto dure a vida. Aqueles que estão batalhando contra tentações diárias, vencendo as próprias tendências pecaminosas e buscando santidade do coração e da vida, não fazem nenhuma orgulhosa proclamação de santidade. Eles são famintos e sedentos de justiça. O pecado parece-lhes excessivamente pecaminoso. Santificação, 10.

”A lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma.” Sal. 19:7. Mediante a obediência vem a santificação do corpo, alma e espírito. Esta santificação é um processo progressivo e uma subida de um nível de perfeição para outro. (Carta 155, 1902). MM (Ano: 1989), Minha Consagração Hoje, 250.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2018, para o pôr-do-sol de 29 de junho de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *