reflexoes2017_img_destac

Seguindo o Divino Líder

E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas de modo nenhum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. João 10:4-5.

Nosso povo precisa entender as razões de nossa fé e experiências passadas. Quão triste é que tantos deles pareçam pôr ilimitada confiança em homens que apresentam teorias tendentes a desarraigar-nos as teorias do passado e a remover os velhos marcos! Aqueles que podem ser tão facilmente levados por um falso espírito mostram que estiveram seguindo errado líder por algum tempo – tanto, que não discernem estar-se apartando da fé, ou que não estão construindo sobre o verdadeiro fundamento. Necessitamos rogar a todos que ponham os óculos espirituais, que tenham os olhos ungidos para que possam ver claramente e discernir as colunas verdadeiras da fé. Então hão de conhecer que ”o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são Seus”. II Tim. 2:19. Precisamos reviver os velhos sinais da fé uma vez entregue aos santos. […]Chegamos a um tempo em que as coisas devem ser chamadas pelo verdadeiro nome. Como fizemos nos primeiros tempos, precisamos levantar-nos e, sob o Espírito de Deus, repreender a obra do engano. Southern Watchman, 5 de abril de 1904. Mensagens Escolhidas, Vol. 2, 25-26.

A genuína religião não requer grandes demonstrações corporais. … Estas não são indício da presença do Espírito de Deus. Em 1843 e 1844 fomos chamados a enfrentar exatamente essa espécie de fanatismo. Homens diziam: Tenho o Espírito Santo de Deus. E entravam na reunião e rolavam como um arco; e como alguns não recebessem isto como sinal da operação do Espírito de Deus, eram considerados pessoas ímpias. O Senhor enviou-me ao meio deste fanatismo. … Alguns vinham a mim e perguntavam: Por que não vos unis a eles? Eu disse: Tenho outro Líder que não esse, Alguém que é manso e humilde de coração, Alguém que não fez nenhuma demonstração assim como estais fazendo aqui, nem tais vanglórias. Essas demonstrações não são de Cristo, mas do diabo. Manuscrito 97, 1909. Mensagens Escolhidas, Vol. 2, 26.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2017, para o pôr-do-sol de 21 de julho de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *