nascer_sol_meditacoes_2018

Um Coração Renovado

Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes, e fazei-vos um coração novo e um espírito novo; pois, por que razão morreríeis, ó casa de Israel? (Ezequiel 18:31).

Muitos que falam a outros da necessidade de um novo coração, não sabem eles próprios o que significam essas palavras. Especialmente a juventude tropeça nesta expressão: ”um coração novo”. Ezeq. 36:26. Não sabem o que ela quer dizer. Esperam que se verifique mudança especial em seus sentimentos. A isso chamam conversão. Nesse erro milhares têm tropeçado e se perderam, não compreendendo a frase: ”Necessário vos é nascer de novo.” João 3:7.

Satanás induz as pessoas a pensarem que, por terem experimentado êxtase de sentimentos, estão convertidas. Mas sua experiência não muda. Seus atos são os mesmos que antes. Sua vida não demonstra bons frutos. Oram freqüente e longamente, e constantemente se referem aos sentimentos que tiveram em tal e tal ocasião. Não vivem, porém, a vida nova. Estão iludidas. Sua experiência não vai além de sentimento. Edificam sobre a areia e, ao soprarem os ventos da adversidade, sua casa é assolada.

Muitas pobres almas tateiam em trevas, buscando os sentimentos que outros dizem ter tido em sua experiência. Esquecem-se de que o crente em Cristo deve operar sua própria salvação com temor e tremor. O pecador convicto tem alguma coisa a fazer. Deve arrepender-se e mostrar verdadeira fé.

Ao falar Jesus do novo coração, refere-Se Ele à mente, à vida, ao ser todo. Ter uma mudança de coração é retirar as afeições do mundo, e uni-las a Cristo. Ter um coração novo é possuir novo espírito, novos propósitos, motivos novos. Qual é o sinal de um coração novo? – A vida transformada. Há um morrer dia a dia, hora a hora, para o egoísmo e o orgulho.

Alguns cometem grande erro ao supor que uma alta profissão substituirá o verdadeiro serviço. Mas a religião que não é prática, não é genuína. A verdadeira conversão nos torna estritamente honestos em nosso trato com os semelhantes. Torna-nos fiéis em nosso trabalho diário. Todo sincero seguidor de Cristo demonstrará que a religião bíblica o habilita a usar seus talentos no serviço do Mestre. (Youth’s Instructor, 26 de setembro de 1901). Mensagens aos Jovens, 71-72.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2018, para o pôr-do-sol de 13 de abril de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *