Reflexoes-Semanais_2016_pq

Para Entender a Missão de Jesus, Temos que Entender Sua Divindade

E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu! João 20:28.

E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo. E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre. E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Lucas 1:41-43.

Se os homens rejeitam o testemunho das Escrituras inspiradas concernente à divindade de Cristo, é em vão argüir com eles sobre este ponto; pois nenhum argumento, por mais conclusivo, poderia convencê-los. ”O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.” I Cor. 2:14. Pessoa alguma que alimente este erro pode ter exato conceito do caráter ou missão de Cristo, nem do grande plano de Deus para a redenção do homem. GC 524.

Tornar-se-á cada vez mais difícil trabalhar nos muitos campos que ainda não foram tocados. Nosso método é: Não torneis proeminentes os aspectos objetáveis de nossa fé, que batem mui decididamente contra as práticas e costumes do povo, até que o Senhor lhe dê uma boa oportunidade de conhecer que somos crentes em Cristo, que cremos na divindade de Cristo e em Sua preexistência. Demoremos sobre o testemunho do Redentor do mundo. TM 253.

Quem pode descobrir plenamente a Deus mediante o estudo? Os evangelhos apresentam o caráter de Cristo como infinitamente perfeito. Gostaria de poder falar disso de modo que o mundo inteiro pudesse ouvir sobre o objetivo da missão e obra de Cristo. Lede e pesquisai as Escrituras, nas quais Cristo é apresentado como o divino objeto de nossa fé. Quando o homem finito, sob a sutil influência do tentador, chega a questionar as palavras dAquele que é chamado ”Maravilhoso Conselheiro, Deus forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isa. 9:6), suas concepções a respeito de si mesmo aumentam, e suas concepções sobre Cristo e Deus diminuem. MM, 1983, Olhando para o Alto, 254.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2016 – O Deus Triúno, para o pôr-do-sol de 16 de setembro de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *