reflexoes_2020

A Glória e Poder da Igreja

E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da
ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.
Atos 4:33.

 

Nos dias em que a glória do Cristo ressurgido resplandecia sobre ela, foi dito da igreja apostólica que ninguém dizia ”que coisa alguma do que possuía era sua própria”. Atos 4:32. ”Não havia, pois, entre eles necessitado algum.” Atos 4:34. ”E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.” Atos 4:33. ”E, perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.” Atos 2:46 e 47.

Rebuscai o céu e a Terra, e não existe aí, revelada, uma verdade mais poderosa do que aquela que se manifesta em obras de misericórdia aos que necessitam de nossa simpatia e auxílio. Esta é a verdade tal como se encontra em Jesus. Quando os que professam o nome de Cristo praticarem os princípios da regra áurea, o evangelho será apoiado pelo mesmo poder que o acompanhava na era apostólica. O Maior Discurso de Cristo, 137.

Não é somente o privilégio, mas o dever de todo cristão manter uma íntima união com Cristo e ter uma rica experiência nas coisas de Deus. Então sua vida será frutífera em boas obras. Disse Cristo: ”Nisto é glorificado Meu Pai: que deis muito fruto.” João 15:8. Quando lemos a vida de homens que foram eminentes por sua piedade, muitas vezes consideramos suas experiências e realizações como muito além de nosso alcance. Mas este não é o caso. Cristo morreu por todos; e é-nos assegurado em Sua Palavra que Ele está mais pronto a dar Seu Santo Espírito àqueles que Lho pedirem do que os pais terrenos a dar boas dádivas a seus filhos. Os profetas e apóstolos não aperfeiçoaram o caráter cristão por milagre. Eles usaram os meios colocados por Deus ao seu alcance; e todos os que fizerem o mesmo esforço hão de conseguir os mesmos resultados. Santificação, 83-84.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2020, para o pôr-do-sol de 25 de dezembro de 2020.

Leia Mais

reflexoes_2020

Contai Tudo a Jesus

Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos. Provérbios 23:26.

 

Jesus apreciaria que os filhos na juventude viessem a Ele com a mesma confiança com que vão a seus pais. Como uma criança suplica pão ao pai ou à mãe quando está com fome, assim o Senhor gostaria que Seus filhos viessem a Ele em suas necessidades. …

Jesus conhece as necessidades das crianças, e tem prazer em ouvir suas orações. Que as crianças fechem a porta ao mundo e a tudo que lhes apartariam os pensamentos de Deus; e sintam que estão sozinhos com Deus, que Seus olhos penetram o íntimo do coração e lêem o desejo da alma, e que podem falar com Deus. …

Então, crianças, pedi a Deus que faça por vós o que vós mesmas não podeis fazer. Contai tudo a Jesus. Abri perante Ele os segredos de vosso coração; pois os Seus olhos perscrutam o mais íntimo recesso da alma, e Ele lê vossos pensamentos como num livro aberto. Quando pedirdes o que for necessário para o bem de vossa alma, crede que o recebereis, e tê-lo-eis. (The Youth’s Instructor, 7 de julho de 1892). Lar Adventista, 299.

Apresente-se a verdade tal como é em Jesus, mandamento sobre mandamento, regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali. Falai do amor de Deus com palavras de fácil compreensão. A verdade bíblica apresentada com a humildade e o amor de Jesus exercerá influência notável sobre muitas mentes.

Muitas almas estão famintas do pão da vida. Seu clamor é: ”Dai-me pão; e não me deis uma pedra. É pão que eu preciso.” Alimentai essas almas que perecem, que morrem de fome. Lembrem-se nossos pastores de que o alimento mais sólido não é para ser dado às crianças que não conhecem os rudimentos da verdade como nós a cremos. Em cada época teve o Senhor uma mensagem especial para o povo desse tempo; assim nós temos uma mensagem para o povo nesta era. Mas se bem que tenhamos muita coisa para dizer, podemos ver-nos obrigados a reter algumas delas por algum tempo, porque as pessoas não estão preparadas para recebê-las agora. (RH, 14 de outubro de 1902). Evangelismo, 199-200.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2020, para o pôr-do-sol de 6 de novembro de 2020.

Leia Mais

reflexoes_2020

Recebe, Encontra, Abre-lhe

Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á.
Mateus 7:8.

 

Pedi, portanto; pedi, e recebereis. Pedi humildade, sabedoria, ânimo, maior proporção de fé. A toda oração sincera há de vir a resposta. Talvez não venha exatamente como desejais, ou ao tempo em que a esperais; mas virá pela maneira e na ocasião em que melhor há de satisfazer à vossa necessidade. Às orações que em particular dirigis, em cansaço, em provação, Deus responde, nem sempre segundo a vossa expectativa, mas sempre para o vosso bem. Obreiros Evangélicos, 258.

”Buscai.” Mat. 7:7. Não desejeis somente Suas bênçãos, mas a Ele próprio. ”Une-te, pois, a Ele, e tem paz.” Jó 22:21. Buscai, e encontrareis. Deus vos está buscando, e o próprio desejo que experimentais de a Ele vos achegar, não é senão a atração de Seu Espírito. Cedei a essa atração. Cristo está pleiteando a causa do tentado, do errante, dos destituídos de fé. Está buscando erguê-los ao nível de companheiros Seus. ”Se O buscares, será achado de ti.” I Crôn. 28:9.

”Batei.” Mat. 7:7. Vamos ter com Deus por um convite especial, e Ele nos espera para dar-nos as boas-vindas a Sua câmara de audiência. Os primeiros discípulos que seguiram a Jesus não ficaram satisfeitos com uma conversa rápida com Ele pelo caminho; disseram: ”Rabi, … onde moras? … Foram, e viram onde morava, e ficaram com Ele aquele dia.” João 1:38 e 39. Assim podemos ser admitidos na maior intimidade e comunhão com Deus. ”Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.” Sal. 91:1. Batam, aqueles que desejam as bênçãos de Deus, e esperem à porta da misericórdia com firme certeza, dizendo: Pois Tu, ó Senhor, disseste: ”Aquele que pede recebe; e o que busca encontra; e, ao que bate, se abre.” Mat. 7:8. O Maior Discurso de Cristo, 131.


Esta publicação está presente nas Reflexões Semanais 2020, para o pôr-do-sol de 23 de outubro de 2020.

Leia Mais

Capa-As-Cartas-Cristas

As Cartas Cristãs

Nesta lição você conhecerá as histórias das cartas escritas aos cristãos pelos discípulos. As cartas foram escritas com o propósito de disseminar conhecimento, exortar, orientar ou até chamar a atenção do povo e serve de referência para nós até hoje.

Esta lição foi especialmente adaptada para a compreensão dos pequenos alunos da Escola Sabatina.

Capa-As-Cartas-Cristas

Download: As Cartas Cristãs

Leia Mais