Capa Divindade Triúna_2

O SIGNIFICATIVO NOME ESCOLHIDO PARA O MESSIAS

(Apêndice da “Reflexões Semanais 2021: Divindade Triúna”).

O nome divino “Jeová”, é formado de quatro consoantes que, ao serem transliteradas do hebraico, podem ficar de duas formas: JHVH ou YHWH. Sendo acrescentadas as vogais em JHVH, temos “Jehovah” ou “Jahvéh”. Acrescentadas em YHWH, temos “Yahweh” ou “Yehowah”.

Para nós, hoje, os nomes servem apenas para identificação. Mas, nos tempos bíblicos, os hebreus tinham grande cuidado ao escolher o nome de seus filhos, pois, o nome escolhido, representava a fé e a esperança dos pais. Ellen G. White diz que: “Grande significação era atribuída aos nomes dados pelos pais hebreus a seus filhos. Freqüentemente representavam traços de caráter que os pais desejavam ver desenvolvidos no filho”. PR 481. Se era de grande significado o nome dos filhos, quando os pais escolhiam, quanto mais será o nome de Cristo, escolhido pelo próprio Deus.

“Jesus”, nome dado a Cristo em Sua encarnação, em grego é “Iesous”, nome este diretamente derivado do hebraico “Yehosua”, que nos é traduzido por “Josué”.

O nome “Yehosua” é a junção de dois termos hebraicos: “Yehowah” [YHWH] e “Yasa” que tem por significado “Jeová Salva”. Por isso, o anjo indica à Maria o nome “Jesus” para chamá-Lo, “porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”. (Mateus 1:21).

A seguir, um texto que identifica Cristo como Jeová. Podemos ter certeza que se refere a Ele, pois, é o nosso único Salvador (Atos 4:12).

Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR [Jeová] e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. Eu, eu sou o SENHOR [Jeová], e fora de mim não há Salvador. Isaías 43:10-11. (Ver também Isaías 47:4).

Para mais textos comprobatórios de que Jesus é Jeová, ver: Isaías 40:3; Lucas 3:2-6. Salmos 103:2-3; Mateus 9:6. Salmos 23:1; João 10:14.