reflexoes2017_img_destac

Um Testemunho Especial Dirigido a um Músico (Parte 2)

Louvar-te-ei, Senhor, entre os povos; eu te cantarei entre as nações. Pois a tua misericórdia é grande até aos céus, e a tua verdade até às nuvens. Sê exaltado, ó Deus, sobre os céus; e seja a tua glória sobre toda a terra. Salmos 57:9-11.

O irmão U gosta de exibir-se. Seu canto não exerce uma influência que enterneça o coração e comova os sentimentos. Muitos têm assistido às reuniões e ouvido as palavras da verdade proferidas do púlpito, as quais têm convencido e elevado seu espírito; muitas vezes, porém, a maneira pela qual o canto é conduzido não aprofunda a impressão causada. As exibições e contorções, e a desagradável aparência do esforço exagerado, têm estado tão fora de lugar na casa de Deus e sido tão cômicas que as impressões sérias causadas sobre as mentes são apagadas. O canto conduzido dessa maneira desestimula aqueles que estão crendo na verdade. (mais…)

Leia Mais

reflexoes2017_img_destac

Um Testemunho Especial Dirigido a um Músico

Preparado está o meu coração, ó Deus, preparado está o meu coração; cantarei, e darei louvores. Salmos 57:7.

Foi-me mostrado o caso do irmão U – que ele seria um peso à igreja, a não ser que entrasse numa relação mais íntima com Deus. Ele é convencido. Sente-se ofendido se alguém questiona as suas ações. Se achar que um outro foi escolhido antes dele, sente-se injustiçado….

O irmão U tem bom conhecimento de música, mas a sua educação musical é de tal índole que se adapta mais ao palco de um teatro do que à solene adoração de Deus. Numa reunião religiosa, o ato de cantar é tanto uma adoração a Deus como o ato de pregar, e qualquer excentricidade ou traço de caráter esquisito chama a atenção das pessoas e destrói a séria e solene impressão que deve ser o resultado da música sacra. Qualquer coisa estranha e excêntrica no canto diminui a seriedade e o caráter sagrado do culto. […] (mais…)

Leia Mais

Jó

Aprendizado do Livro de Jó

“Aflições são freqüentemente misericórdias disfarçadas. Não sabemos o que seríamos sem elas.” Jesus Meu Modelo, 328.

A maior parte do conteúdo bíblico são porções históricas. Para muitos, esta descoberta ocorre de forma inesperada uma vez que esperavam encontrar algo parecido com um tratado sistemático de teologia. Interessante notar que, para além dos livros históricos, mesmo nas porções poéticas são feitas constantes referências a eventos que o povo de Deus viveu. Nas partes doutrinárias muitos argumentos que são empregados usam como base fatos históricos. Portanto, fica nítido que a revelação que o Senhor escolheu fazer através das páginas inspiradas foi a da Divindade profundamente envolvida na história humana. Apesar desta misericordiosa revelação a nós, quando tentamos compreender especificamente as ações de Deus em nossa vida, muitos vezes não conseguimos discernir os propósitos da Divina Providência.

(mais…)

Leia Mais

reflexoes2017_img_destac

Neste Tempo Satanás Usa a Música para Contaminar os Crentes

Mas faça-se tudo decentemente e com ordem. I Coríntios 14:40.

A mensagem do terceiro anjo deve ser dada em linhas direitas. Importa que seja conservada isenta de todo traço das vulgares, infelizes invenções das teorias humanas, preparadas pelo pai da mentira, e disfarçadas, como a serpente brilhante empregada por Satanás como meio de enganar a nossos primeiros pais. Assim busca Satanás pôr seu selo sobre a obra que Deus quer que se destaque em pureza.

O Espírito Santo nada tem que ver com tal confusão de ruído e multidão de sons… Satanás opera entre a algazarra e a confusão de tal música, a qual, devidamente dirigida, seria um louvor e glória para Deus. Ele torna seu efeito qual venenoso aguilhão da serpente. (mais…)

Leia Mais