Reflexoes_2019

Resplandeça

Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. (Mateus 5:15).

De si mesma a humanidade não possui luz. Separados de Cristo, somos semelhantes a uma vela não acesa, como a Lua quando tem a face voltada para o lado contrário ao Sol; não temos um único raio luminoso a lançar sobre as trevas do mundo. Ao volver-nos, porém, para o Sol da Justiça, ao nos pormos em contato com Cristo, a alma inteira é iluminada com o brilho da divina presença. (mais…)

Leia Mais

Organização e Progresso da Igreja

Há uma discussão no meio adventista sobre como a igreja, como instituição, deve estar estabelecida na sociedade. Ao longo da história as instituições eclesiásticas foram se organizando de diferentes maneiras, conforme seu crescimento e temos casos onde a autoridade suprema da igreja, que deveria ser Deus e Sua palavra, perdem lugar para a autoridade humana.

Partindo desses exemplos, alguns argumentam que não se deve, portanto, haver uma organização formal da igreja já que esta se caracterizaria em uma transferência de poder ao ser humano que não lhe cabe. Mas será que não temos saída para isso? A instituição deve ser um agrupamento de pessoas sem papa e sem rei e sem união com o Estado? SIM (para ambas as perguntas)!

OK… e como conseguiremos fazê-lo?

(mais…)

Leia Mais

Reflexoes_2019

Luz do Mundo

Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte. (Mateus 5:14).

À medida que Jesus ensinava o povo, tornava interessantes Suas lições e prendia a atenção dos ouvintes por meio de freqüentes ilustrações tiradas das cenas da natureza que os rodeava. O povo se reunira ainda pela manhã. O glorioso Sol, elevando-se mais e mais no firmamento azul, ia dissipando as sombras ocultas nos vales e nas estreitas gargantas das montanhas. A glória dos céus orientais ainda não se havia dissipado. A luz solar inundava a Terra com seu esplendor; a plácida superfície do lago refletia a áurea luz e espelhava as róseas nuvens matinais. Cada botão, cada flor e folha cintilava de gotas de orvalho. A natureza sorria à bênção de um novo dia, e os pássaros cantavam docemente entre as árvores. O Salvador olhou ao grupo que tinha diante de Si, e depois ao Sol nascente, e disse a Seus discípulos: ”Vós sois a luz do mundo.” Mat. 5:14. Como sai o Sol em sua missão de amor, desvanecendo as sombras da noite e despertando o mundo para a vida, assim os seguidores de Cristo devem ir em sua missão, difundindo a luz do Céu sobre os que se encontram nas trevas do erro e do pecado. (mais…)

Leia Mais