Capa Divindade Triúna_2

Em Cristo há Vida Original

Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. João 1:4.

 

            Jesus declarou: ”Eu sou a ressurreição e a vida.” Em Cristo há vida original, não emprestada, não derivada. ”Quem tem o Filho tem a vida.” I João 5:12. A divindade de Cristo é a certeza de vida eterna para o crente. Desejado de Todas as Nações, 530.

            ”A vida estava nEle e a vida era a luz dos homens.” João 1:4. Não é a vida física que é especificada aí, mas a vida eterna, a vida que é exclusivamente a propriedade de Deus. A Palavra, que estava com Deus, e que era Deus, tinha essa vida. A vida física é algo que cada indivíduo recebeu. Ela não é eterna ou imortal; pois Deus, o Doador da vida, toma-a de volta. (ST, 13 de fevereiro de 1912). Comentário Bíblico, Vol. 5, 1130.

            Quando a voz do anjo foi ouvida, dizendo: “Teu Pai Te chama”, Aquele que disse: “Eu dou a Minha vida para a reassumir”; “Destruí este santuário, e em três dias o reconstruirei”, saiu da sepultura para a vida que estava em Si mesmo. A divindade não morreu. A humanidade morreu, mas Cristo agora proclama sobre sepulcro aberto de José: “Eu sou a ressureição e a vida.” Em Sua divindade, Cristo possuía o poder de quebrar as algemas da morte. Ele declara que tem vida em si mesmo para vivificar a quem quer.

“Eu sou a ressureição e a vida.” Esta linguagem só pode ser usado pela Divindade. Todos os seres criados vivem pela vontade e pelo poder de Deus. […] Somente Aquele que possui, Ele só, a imortalidade, que habita na luz e na vida, poderia dizer [com respeito a Sua vida]: “Tenho autoridade para a entregar e também para reavê-la.” Todos os seres humanos em nosso mundo extraem vida dEle. Ele é o manancial, a fonte da vida. (Man. 131, 1897). Idem, 1113.    

            Houve uma explosão de triunfo, pois a família celestial estava esperando recepcioná-Lo; e o poderoso anjo, seguido do exército do Céu, prostrou-se diante dEle em adoração enquanto Ele, o Rei do Céu, proclamava sobre o partido sepulcro de José: ”Eu sou a ressurreição e a vida.” João 11:25. (Youth’s Instructor, 26/07/1898). MM, 2005, Filhos e Filhas de Deus, 237.